segunda-feira, 15 de novembro de 2010

PARA QUE OS CRIMES DE HOMOFOBIA DA AVENIDA PAULISTA NÃO FIQUEM IMPUNES!

Prezados leitores, 


O manifesto abaixo foi subscrito por 31 organizações não governamentais e mais de 600 pessoas físicas (estudantes, professores, profissionais liberais, militantes do movimento social LGBT, de mulheres, de negros, religiosos, etc) e entregue às nove autoridades públicas mencionadas, solicitando que os graves crimes homofóbicos cometidos na Av. Paulista no último dia 14.11.2010 não caiam no esquecimento. Atualmente o número de pessoas que subscrevem o manifesto já superou 500, e estamos gradualmente inserindo os nomes de todos neste espaço.

No último domingo, dia 21.11.2010, houve um ato de protesto contra os crimes homofóbicos,  na Av. Paulista, exigindo que os casos sejam apurados, os delinquentes sejam condenados e penalizados com todos os rigores da lei.
Houve participação de várias pessoas que saíram do vão do MASP em caminhada até o local onde se deu uma das agressões, registradas pelas cameras de circuito interno de segurança de um dos prédios da Paulista. 

Para quem tem alguma dúvida sobre a eventual inocência dos acusados, sugerimos que assistam ao vídeo da postagem acima ou  clique aqui.

Aguardamos que os acusados voltem à prisão, pois representam perigo à sociedade, conforme provam as imagens do vídeo acima.

Por uma Justiça justa! Pelo fim da Homofobia!


__________________________________________________________
Às autoridades Públicas




• EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA CEZAR PELUSO
Endereço: Supremo Tribunal Federal, Praça dos Três Poderes
Brasília (DF), Cep.: 70175-900
Faxes para recebimento de Petições:
(61) 3321-6194; 3321-6707; 3217-4519
Confirmação de recebimento de fax
(61) 3217 3623

• EXCELENTÍSSIMO SENHOR MINISTRO DE ESTADO DA SECRETARIA ESPECIAL DE DIREITOS HUMANOS PAULO VANNUCHI, Presidência da República / Secretaria Especial dos Direitos Humanos/ Esplanada dos Ministérios - Bloco T - Edifício Sede do Ministério da Justiça Cep: 70064-900 - Brasília - DF E-mail: direitoshumanos@sedh.gov.br

• EXCELENTÍSSIMO SENHOR GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO ALBERTO GOLDMAN Avenida Morumbi, 4500 – Morumbi São Paulo, SP, 05650-905 (0xx)11 2193-8000Telefone: (011 ) 2193-8000 / 8344 secretariaparticular@sp.gov.br

• EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO DESEMBARGADOR ANTONIO CARLOS VIANA SANTOS Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo Praça da Sé, s/nº - Cep: 01018-010 - São Paulo - SP – Pabx: (11) 3242-9366 gaci@tj.sp.gov.br

• EXCELENTÍSSIMO SENHOR SECRETÁRIO DA SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO ANTONIO FERREIRA PINTO Secretaria de Estado da Segurança Pública - Rua Libero Badaró, 39, Centro, SP - CEP: 01009-000 – seguranca@sp.gov.br

• EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO FERNANDO GRELLA VIEIRA Rua Riachuelo, 115 - Centro - São Paulo - Brasil - CEP: 01007- 904 – PABX: (11) 3119 9000 pgj-sp@mp.sp.gov.br  

• EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 1ª. VARA ESPECIAL DA INFÂNCIA DE JUVENTUDE EGBERTO DE ALMEIDA PENIDO Rua Piratininga, 105 - Brás - Sao Paulo – SP Tel.: (11) 3207-8462 3207-8503 / 3208 3563 sp1inf@tjsp.jus.br

• EXCELENTÍSSIMA SENHORA PROMOTORA DE JUSTIÇA DA 1ª. VARA ESPECIAL DA INFÂNCIA E JUVENTUDE DE SÃO PAULO ANA LAURA LUNARDELLI Rua Piratininga, 105 Brás - São Paulo – SP Tel: (11) 3209-8853 infjuv@mp.sp.gov.br

• ILUSTRÍSSIMO SENHOR DELEGADO DE POLÍCIA TITULAR DO 5º. DISTRITO POLICIAL DA CAPITAL DE SÃO PAULO - JOSÉ MATALLO NETO Rua Professor Antonio Prudente, no. 160, tel (11) 3208.0380 Cambuci São Paulo – SP adilsoncavalcante@uol.com.br

As entidades e organizações da sociedade civil e as pessoas físicas abaixo identificadas e assinadas vêm, respeitosamente, requerer a Vossas Excelências as providências legais cabíveis e imediatas, em face dos graves fatos ocorridos na madrugada do dia 14.11.2010, na Avenida Paulista, envolvendo 5 (cinco) jovens adolescentes que delinqüiram e fizeram 4 (quatro) vítimas de violência física, com evidente motivação de intolerância homofóbica.

Certamente, se o Brasil já tivesse uma legislação que criminalizasse a homofobia, a exemplo de países mais desenvolvidos na defesa e promoção dos direitos humanos, fatos como o acima ocorrido seriam mais raros, pois a juventude brasileira, em especial a bem educada e privilegiada do ponto de vista econômico, já teria aprendido que homofobia é crime e não pode ser praticada.

Mas, por agora, enquanto se aguarda o fim da inércia e omissão do Poder Legislativo, temos que continuar vivendo com dignidade e acreditando em algumas instituições de boa vontade, que buscam cumprir e manter a Constituição Federal.

Dos Fatos

Segundo relato do portal Universo on Line, o fato ocorrido na madrugada de 14.11.2010, na Avenida Paulista, consiste, basicamente, no seguinte:

Os cinco jovens são de classe média, colegas de um colégio particular de um bairro nobre de São Paulo, e foram reconhecidos como responsáveis por três ataques a pessoas que passavam pela região da avenida Paulista. A polícia investiga se os crimes tiveram motivação homofóbica.

A primeira agressão teria sido contra um jovem de 18 anos que saía do trabalho por volta das 3h. De acordo com o depoimento do rapaz, ele chegou a perder a consciência devido às pancadas que recebeu e, quando acordou, seu celular, carteira e uma blusa que vestia haviam sumido. Ele só reconheceu os agressores quando foi registrar queixa na delegacia, por volta de 13h de ontem, quando os jovens já estavam detidos por outros dois ataques.

Por volta das 6h30 ocorreram as outras agressões, ainda na Paulista. O grupo atacou dois rapazes que saíam de uma festa na altura do número 459 da avenida --uma das vítimas conseguiu fugir e outra teve que ser internada devido aos ferimentos. Segundo o boletim de ocorrência, durante a agressão os rapazes diziam coisas como 'suas bichas' e 'vocês são namorados'.

Em seguida, os agressores foram em direção a um grupo de outros três jovens, já na altura do número 700 da avenida, e atacaram um deles com um golpe na cabeça. Uma testemunha ligou para a polícia e os cinco foram detidos em flagrante.

Na delegacia, os pais dos adolescentes estavam inconformados. A mãe de um deles disse que os meninos sempre saem para baladas no fim de semana e é a primeira vez que se metem em confusão. ' Os meninos saíram para se divertir, para pegar as menininhas na balada, até porque eles ficam de segunda a sexta estudando. Eles sempre saem no final de semana e isso nunca aconteceu'.

De acordo com o Orlando Machado Junior, advogado de um dos menores, os jovens tinham ido a uma festa na avenida Ibirapuera, e quando saíram, foram de ônibus até a avenida Paulista. Na volta para casa foram abordados por uma das vítimas. 'Houve um flerte por parte de uma das vítimas, começou uma discussão verbal que desencadeou a briga." Segundo o advogado, seu cliente também foi agredido.
          VEJA AQUI

Esta, aliás, tem sido a versão apresentada pelos demais veículos de comunicação de massa (televisão, rádio, internet), enfatizando não somente a situação sócio econômica privilegiada dos agressores, que são de classe média alta e estudam em escolas do bairro do Itaim Bibi, na capital do Estado, como também a construção da argumentação da defesa dos delinquentes, no sentido de buscar desqualificar as vítimas (“houve um flerte por parte das vítimas”), de modo a legitimar as agressões.

Esta não é a primeira vez que somos assombrados por estas ações violentas de jovens da classe media brasileira, em especial contra pessoas oriundas de grupos discriminados, e usualmente vítimas de intolerância, como os gays, negros, nordestinos, índios etc. Exemplos não nos faltam, como a morte do índio Galdi, assassinado por jovens ricos e filhos de autoridades públicas de Brasília em 1997.

A Cidade do Rio de Janeiro também deixou sua contribuição na construção da barbárie, quando nos brindou com atentados de jovens da Barra da Tijuca, que agrediram fisicamente uma trabalhadora, empregada doméstica, que voltava para casa, e foi confundida com uma “prostituta” (como se para as profissionais do sexo este tratamento violento fosse admitido).

Agora, uma vez mais, no décimo ano da morte por assassinato do adestrador de cães, Edson Neris da Silva, na Praça da República, em 06 de fevereiro de 2000, executado por um grupo delinqüente de “skinheads do ABC”, deparamo-nos com este arrastão “chique” no coração econômico da terra cujo povo se auto proclama locomotiva e esteio do Brasil.

Do receio da impunidade

As autoridades públicas, Polícia, Poder Judiciário, Ministério Público tem a obrigação de garantir a ordem, a lei e o respeito à Constituição Brasileira, que em última instância proclama como sua razão maior  a garantia dos direitos individuais da pessoa humana.

Por tal razão, os abaixo assinados, cidadãos e entidades da sociedade civil, aqui se manifestam com o fim de chamar a atenção das autoridades públicas, de exigir e cobrar para que se assegure que este fato não caia no esquecimento, que estes delinqüentes sejam tratados como delinqüentes, e que as vítimas sejam tratadas como vítimas, com o agravante da incidência de violência homofóbica.

Não raras vezes, no curso da história da justiça brasileira, fatos de tal gravidade, envolvendo agressores de posição sócio econômica privilegiada tendem a ser esquecidos, ignorados e até fraudados, alcançando a impunidade. A justiça brasileira tem a obrigação de ser justa e a polícia e o Ministério Público de serem diligentes.

É isto que esperamos que seja feito.

Nestes Termos
Pedem e Esperam por Deferimento
São Paulo, 15 de novembro de 2010
Dia da Proclamação da República do Brasil.

Organizações Sociais


Instituto Edson Neris – IEN
Rua José Bonifácio, no. 278 8º. andar, cj 812 – São Paulo SP

Grupo Humanus
Rua Ruffo Galvão, 19, sala 104, Centro Itabuna-BA 073-88380524

GRUPO E-JOVEM de Adolescentes Gays, Lésbicas e Aliados
Campinas/SP


Escola Jovem LGBT – Campinas/SP

CFL – Coletivo Feminista de Lésbicas – São Paulo – SP

Rede Afro LGBT

AMOR - Associação de Mulheres Organizadas na Rua de S J Campos
Rua Dolzani Ricardo, 182 Centro. São José dos Campos, SP.

GPH - Assoc. Bras. de Pais e Mães de Homossexuais, Projeto Purpurina - jovens LGBTs, 13 a 24 anos

Casarão Brasil - Associação GLS

Grupo Pela Vidda São Paulo
Rua General Jardim no. 566, Centro SP/Capital

Associação Recreativa Cultural Bloco de Carnaval da Banda do Fuxico

Câmara de Comércio GLS do Brasil

ABCDS “Ação Brotar pela Cidadania e Diversidade SexuaL

Católicas pelo Direito de Decidir

Viva a Diervisidade de Diadema

Ong Reintegrando Vidas - Revida
Jacareí - Sp
CNPJ 07.622.827/0001-86

Grupo Corsa - SP

Associação Beco das Cores - Educação, Cultura e Cidadania LGBT
Salvador - Bahia

ONG Casvi de Piracicaba/SP

APOGLBT – Associação da Parada Orgulho de Gays, Lésbicas, Bissexuais e Travestis de São Paulo

Grupo Iguais - Conscientização Contra O Preconceito E Inclusão Social
CNPJ: 09.014.740/0001-51

Associação Rosa Vermelha, Ribeirão Preto - SP

Articulação Política de Juventudes Negras

IDENTIDADE - GRUPO DE LUTA PELA DIVERSIDADE SEXUAL – Campinas São Pa\ulo


CASS -PUC-SP - CENTRO ACADEMICO SERVIÇO SOCIAL PUC-SP – Núcleo DIVERDADE

GADVS Grupo de Advogados pela Diversidade Sexual - SP

Grupo Liberdade Igualdade e Cidadania Homossexual-GLICH

Conexão Paulista LGBT

Forum Lgbt - Pe

ABGLT – Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais

CONDEPE - Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana

125 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
PRI disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Fernanda disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Eduardo Hyu disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Ronaldo disse...

Olá Eduardo,
Eu também quero assinar o manifesto.
Ronaldo Gomes Neves
RG: 04841256-3 IFP/RJ

Fernanda disse...

Juliana Lora de Sá
RG 23.692.730-9

Anônimo disse...

Karina Labate Belloni
rg 35019542-0
Psicóloga

Maria Auxiliadora disse...

Concordo com o manifesto
Maria Auxiliadora ferreira
RG 9787282

Carol disse...

Caroline L. Carrion
RG 34.053.813-2

Pucci disse...

Marilia Pucci Martins
RG: 43.478.435-7

Sabrina disse...

Apoiado

Sabrina de Oliveira
RG 27237743-0

Anônimo disse...

Mayra Dias Collete
RG. 27280068-5

Wander disse...

Wander Lima Gonçalves
RG 12654116-8

Anônimo disse...

Roberta Assadourian Santana
RG 28462451-2

LU disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Natalia disse...

Natalia Caballero
RG 1736309 SSP-DF

juniorlemes disse...

Gilberto Lemes Junior
20477181
Já sofri agressão na av Paulista uns 10 anos atrás, me atiraram uma pedra que atingiu meu rosto e tenho a cicatriz até hoje e em seguida atiraram uma garrafa que graças a Deus não acertou!!!Demorei mais ou menos um ano e meio para me recuperar do trauma,tinha medo de sair na rua, foi horrível!!!!!!!Graças a Deus e a mim fiquei ainda mais LINDO, LUXUOSO e MARAVILHOSO!!!!Domingo estarei lá!!!!

Anônimo disse...

Rafael Pereira Silva
RG 46462879-9

Anônimo disse...

André Luiz Tavares de Deus
RG 3483645

Flavinho B... disse...

Gostaria de deixar meu nome nesta lista e contribuir para acabar com este tipo hediondo e vergonhoso de crime.

Flávio Botelho Boretti
RG 926067-7

Anônimo disse...

Marcio Tadeu dos Santos
RG: 27.843.003-X

jhc disse...

João Henrique Paulino
R.G.: 42.425.571-6

Anônimo disse...

cleusa sampaio
12653085

Anônimo disse...

Odair José Elesbão
RG:35260396-3

Amicitia Travel disse...

Jhony Rodrido da Silva
RG: 42.323.099-2

Rueda disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Beatriz Nascimento disse...

Beatriz Ferreira do Nascimento
RG: 46.763.747-7

Anônimo disse...

Priscila Pacheco da Silva
RG: 34.313.876-1

Anônimo disse...

Priscila Pacheco da Silva
RG: 34.313.876-1

Anônimo disse...

quero assinar:
Felipe Moura de Andrade RG 2.131.277 SPTC ES

Anônimo disse...

Paulo Henrique Gonçalves Santos
RG 1.002.219 SSP/SE

Anônimo disse...

Felipe Valadares
RG 35564379-0

Anônimo disse...

Herbert César de Moura

RG. 2.162.261

Anônimo disse...

Wagner Barbosa Chaves
RG 7066254744 SSP-RS

cacareco disse...

Carine de Freitas Berto
RG: 45.851.350-7

Zeca disse...

Jose Carlos Ricardo Brancatelli
RG 21.590.659-7

Anônimo disse...

Jose Carlos Ricardo Brancatelli
RG 215906597

Anônimo disse...

Temos que agir, pq um dia pode ser nos.

Wagner Silva Wingerter Pontes
RG 41.537.055-3

Fernando disse...

mais do que apoiado o movimento, o abaixo-assinado e a vontade de fazer o certo sempre.

Gustavo disse...

Gustavo Lima de Andrade
348100577

Luciana Simmonds disse...

OAB/SP 299.671.

Não podemos ficar parados.Vamos volta pra paulista no Domingo!!

Marco disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Acompanhando os trâmites do que aconteceu, coloco meu nome nessa lista, para dar um BASTA, A HOMOFOBIA!!!

TATIANA B. LAGUNA

RG: 23.735.506.1

Anônimo disse...

Foram quatro agressões em pontos diferentes .
Os outros devem ter sido presenciados por outras pessoas que não quiseram se envolver e nada fizeram em defesa dos agredidos.
Os crimes só foram esclarecidos e os agressores identificados graças à coragem e o senso de humanidade do porteiro que afugentou os agressores e chamou a polícia. Ele é o herói dessa história triste.

Paulo Cesar disse...

PAULO CESAR BONTEMPI
RG 13.436.167 - SSP-SP

Anônimo disse...

Charles Yuri Custodio
RG 33.690.266-9

Andrei Lara disse...

Andrei Lara
RG: 10523422-3

Clara disse...

Clara Villas Bôas dos Santos
RG: 4021367331
CPF: 367653090-04

Homofobia Já Era.

Anônimo disse...

Gustavo de Souza Valente
RG 46.631.537-5
Coordenador do Grupo E-Mogi de jovens homossexuais de Mogi das Cruzes SP

Sissi disse...

Ailton de Almeida
rg 18245013-2

Anônimo disse...

David Medeiros Neves
rg 32533440-7

Vítor Mizael disse...

Vitor Mizael R. Dias
RG 33622801-6
Professor universitário

Anônimo disse...

Assinando:
Shoichi Iwashita
RG 29.753.495-6

Anônimo disse...

Fabio Rodrigues da Motta
rg 28744154-4 SP
morando atualmente no Canada

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

PEDRO OSAVA FIGUEIREDO

RG 25.866.592-0

SÃO PAULO - SP

Renato disse...

Renato Accioly
RG 11536997

Marino disse...

Stop Homophobia now.
Aloha de Maui-Hawai'i.

Anônimo disse...

Luiz Vladimir Caribé

Representante da Associaçao CertiDiritti- Italia.

RG 07870490-5

E' triste ver que a muitas Igrejas Evangélicas ajam como a Igreja Catolica incentivando o Odio e a Intolerancia.

HOMOFOBIA FERE E MATA!!!

Anônimo disse...

Diego Soares
RG: 568-409-9

Anônimo disse...

André Ferreira
RG. 34.898.527-7

Anônimo disse...

Orion Ferreira Lima
RG 30933509-7

mila disse...

Milenna Farias de Sousa
937860263-00

mila disse...

Milenna Farias de Sousa
937860263-00

Denise disse...

Denise Andrade
RG: 2000010480472 ssp/ce

sandro disse...

Sandro dos Santos Bonelly
RG: 129786083 IFP/RJ

Diogo Didier disse...

Diogo Soares dos Santos
RG: 6141969

vamos acabar com esses abusos cometidos contra a comunidade LGBTT!

TOLERÂNCIA ACIMA DE TUDO!

Anônimo disse...

Domênico Rodrigo Ghinelli Zapater
RG 27.632.276-9. SP

Arib disse...

Ubirajara de Araujo Farias
RG: 15466289-6

Anônimo disse...

Rafael Saffiotti

RG 29.653.045-1 SSP-SP

Hoteleiro/Comissário de Voo

Anônimo disse...

Marcelo Santos Pereira
RG: 5090398

rogerio ribeiro disse...

rogerio ribeiro
rg 30897059-1

Anônimo disse...

Diogo Rafael Gomes
RG 41.155.198-X SSP/SP

Anônimo disse...

Apoiado!
Rodrigo Rodrigues da Cruz
Jornalista
RG 5390771 SSPa

almirsantos1974 disse...

Almir Olímpio dos Santos
RG Nº 126031319 - Detran- RJ

Anônimo disse...

Josemar Henrique de Melo
RG 3.923,.509

MarceloDCoerência disse...

Não apenas tolerância, mas sim RESPEITO aos LGBTTs e tb pelo que são! Senão cai como se fossem "vítimas de um tipo de 'doença'", "nasceram c/ um 'defeito'" ou coisa que o valha.
MarceloDC, "HeDC Desenvolvedor" no Orkut. Obs.: manifestos pela grande rede tem seu valor, PORÉM são facilmente fraudáveis qdo se quer contabilizar quantidades, por isso mais vale manifestações físicas (passeatas, ou outro meio mais confiável).

Anônimo disse...

Paulo Cezar Maciel
RG: 640023 SSP/MT

Anônimo disse...

Walter Troiani
RG 6.744.141-5 SSP/SP

Anônimo disse...

Andréia Marques Duarte
RG: 32.112.809-6 SSP/SP

fireconsumesall disse...

Rodrigo Gomes Gobira

RG: 43.312.431-3

Eu: Alemberg Santana disse...

ALEMBERG JOSÉ DE SANTANA
RG 2.498.842-16

O Forte de Copacabana tem um site oficial: http://www.fortedecopacabana.com é possível deixar um comentário no livro de visitas, certamente, não será publicado, mas é bom saberem que não estamos satisfeitos com tanta homofobia.

Parabéns pela iniciativa.

Rubens disse...

Rubens Antonio Gonçalves Viana
RG 494962045

Anônimo disse...

Contra qualquer crime contra qualquer cidadão comum.

É um absurdo a agressão a céu aberto. Vivemos em um país livre.

Mauro Eidi Villela Assano
RG 156198071

Anônimo disse...

Leandro Impaléa

RG 43.467.358-4

Anônimo disse...

André Segala Xavier
RG: MG12445772 SSP/MG

Repensando! Questionando! disse...

Eduardo Judice de Novais
RG09840004-7

Reginaldo disse...

Reginaldo Vieira Guariente
RG 25.281.816-7 SSP/SP

Tadashi disse...

TADASHI MURATA - SAO CARLOS SP
RG 416183165

THIAGO MIRANDA DE AGUIAR - JACAREI SP
RG 403151600

VIVIANI DA SILVA - SAO CARLOS SP
RG 44203704

Anônimo disse...

Rogério Guarnieri
16.796.259-0

Anônimo disse...

Samara Rodrigues
RG 30.407.730-6

Julio Cesar Macedo disse...

Julio Cesar Macedo Amorim
RG 33.194.000-0 SP

Anônimo disse...

Homofobia é crime.

Anônimo disse...

absurdo

Anônimo disse...

Alessa Bacellar Camarinha
32756423-4

Ateliê Juliana Ito disse...

Juliana Concerino Ito
rg: 32.114.805-8

Anônimo disse...

Juliana Concerino Ito
rg: 32.114.805-8

Vinícius disse...

Apoiando também o Grupo Identidade de Campinas!
Vinícius Cavichiolli
RG: 25032674-7

Anônimo disse...

Rodrigo de Souza

RG 36.234.914-9

Anônimo disse...

Rodrigo de Souza

RG 36.234.914-9 SP

Rodrigo disse...

Rodrigo de Souza

RG 36.234.914-9 SP

Psicanalista

Anônimo disse...

Valmir Vanderley Guedes

RG 21146299-8

Cabeleireiro

Anônimo disse...

Anderson Rodrigues da Silva

RG 43432565 X

Consultor de Vendas

Anônimo disse...

Sidnei Donizete Oliveira

RG 17.944.594 - 7SSP/SP

Gerente Administrativo

Anônimo disse...

Sidney Gomes da Silva

RG 50.309.164-9 SP

Anônimo disse...

Lucila Fernandes de Souza

RG 13 246 648 X

Anônimo disse...

Luiz de Souza Aranha


RG 16 868 866 - 9

Anônimo disse...

Roberto Olcesse

ID - 394114 - Peruano

Comissário de Bordo

Anônimo disse...

Ricardo de Souza

RG 42.603.938-5

Estudante

Anônimo disse...

Ana Paula Freitas de Aká
RG: 10.915.899-8

Anônimo disse...

NÃO À HOMOFOBIA!
NÃO À VIOLÊNCIA!
DIREITOS IGUAIS A TODOS É O QUE PREGA A DEMOCRACIA.

Elaine Aparecida Teixeira
22.902.237-6

Assino também o abaixo-assinado no blog
http://www.naohomofobia.com.br/

Anônimo disse...

Elinete Prado Vasconcelos

RG 9061266

Abaixo a qualquer forma de violência!

Anônimo disse...

Guilherme Marques Miranda de Menezes
RG 12.105.001 SSP-MG

Anônimo disse...

Rogeria Regina Rodrigues Gonçalves

RG:406936419

Funcionária Pública!

Anônimo disse...

FERNANDO GUIMARÃES TORRES
M6405054
NÃO À VIOLÊNCIA! JUSTIÇA E PRISÃO AOS AGRESSORES!

Anônimo disse...

Juliana Santini - 30645732-5

Anônimo disse...

Frederico Daia Firmiano
RG 32.150.176-7

RODRIGO2010 disse...

isso e uma comvardinha ... eles nao podem ficar inpunes .. tem que ir para cadeia ..... que undo que estamos ....... porada neles .....

RODRIGO2010 disse...

isso nao pode acomtecer ?? cade as autoridades dsse brasil ??? cade o meu volto ode ele estar ??? cade a justinça ... para preder eses malginais .... homofobicoo ......
justinça já .

valcir disse...

Se os homens não fazem justiça para quem tem dinheiro,esperem para ver a justiça divina.Estes agressores homofóbicos se dizem muito machos,pois bem que seja.Sendo assim terão filhos e quem sabe que filhos estão por vir?????? A frase "aqui se faz aqui se paga " é a mais pura verdade a justiça será feita com o tempo. Mas mesmo assim espero que a justiça humana não falhe e condene estes marginais.

Luciano disse...

Luciano da Silva Oliveira
CPF: 086038747-00
Rio de Janeiro - RJ

Leandro Tavares da Silva,21 anos disse...

Leandro Tavares da Silva
RG: 46.315.678-x
São Paulo - SP

Anônimo disse...

Um absurdo, tem que parar com isso já, esse tipo de crimes pertence ao futuro da humanidade, desde os tempos da ditadura.

Como disse o colega: "Aqui se faz e aqui se apaga".

Pelo fim da hidrofobia já.

Anarquista louco
RG 14.398.988 SSP/SP

Anônimo disse...

Ana Claudia Duarte Cergol
33.900.313-3

Anônimo disse...

Marina Mayumi Vendrame Takao
46.250.208-0