quarta-feira, 30 de março de 2011

Morre Jose Alencar mas Rosemary de Morais continua viva e sem pai!

Ex vice presidente da República morre em São Paulo na tarde de ontem.

Faleceu em São Paulo, na tarde de ontem, 29.03.2011, o ex vice presidente da República José Alencar, depois de uma longa batalha de vários anos contra o cancer no abdome. Alencar tornou-se uma unanimidade por sua luta contra a doença e pela vontade de viver.


Os meios de comunicação também exortam sua atuação como empresário e político, inclusive responsabilizando-o pela vitória de Luiz Inácio Lula da Silva na eleição presidencial, pois teria Alencar levado Lula mais para o centro, afastando-o do isolamento da esquerda e de sua tradicional marca eleitoral limitada em torno de 30% de votos.

Segundo Miriam Leitão acaba de afirmar no telejornal Bom Dia Brasil, Alencar construiu um dos maiores impérios empresariais nacionais, sendo sua famíla uma das mais ricas do Brasil. Outros também comentam das críticas que Alencar fazia contra a política econômica de juros altos fixados pelo Banco Central, o que demonstrava independência de opinião em relação ao próprio então presidente Lula.

O que deixaram de mencionar deste "quase santo" Alencar é um pedido judicial de reconhecimento de paternidade feito pela professora aposentada de 55 anos Rosemary de Morais. Alencar teria tido um caso com a mãe de Rosemary, na década de 50. Este pedido tramita há quase dez anos e Alencar sempre se negou a ser submetido a exames de DNA para verificar a procedência, ou não, do pedido de Rosemary.

Certa vez Alencar chegou a afirmar que não cederia à chantagem do pedido de exame. Atitude feia e condenável. Não sei se Alencar era realmente pai de Rosemary, mas isto espero que a Justiça se encarregue de esclarecer, e logo. O que mancha a biografia de Alencar é sua conduta machista e desrespeitosa de resistir processualmente contra algo que por si tem finalidade de justiça - reconhecimento de paternidade. Se Alencar não é pai, conforme alegou, não haveria problema algum em fazer exame de DNA.

Pelé também tem esta mácula em sua história, a ponto de uma proposta de homenagem com a nomeação de cidadão honorário brasiliense ao rei ter sido rejeitada pela Camara Distrital em razão desta mesma resistência. Lula é pai de Lurian e nunca negou este fato, nunca deixou de pagar pensão nem de reconhecer seu neto.

Lamento a morte de José de Alencar, como a de todos os brasileiros que são vitimados pelo cancer. Lamento também que depois de quase 10 anos Rosemary não tenha ainda obtido uma resposta do Judiciário sobre seu pedido de reconhecimento de parternidade de José Alencar. 

  

7 comentários:

Marina disse...

Uma enfermeira que não sabia ler é a mãe desta senhora...A história toda é tão absurda...Duvido que se houvesse a miníma chance do Presidente José Alencar ser pai desta senhora, ele não se recusaria a fazer exame algum, muito pelo contrário, católico fervoroso, seria o primeiro a reconhecê-la. Quem sabe um pouco da vida de José Alencar sabe que ele nunca viraria as costas para uma filha!

Marina disse...

Eduardo Piza, ninguém afirmou que o Presidente José Alencar é ou era quase um santo, aliás acho de profundo mau gosto esta comparação, uma vez que Santos são designados pelo Papa depois de comprovados milagres, e mesmo que não fosse católica, respeito a fé alheia e seus ícones.
Por que o senhor não conta a história toda desta senhora que alega ser filha do V.P Josè Alencar? Quando e como ela descobriu ser filha dele? O fato da mãe dela ser enfermeira mas não saber ler (sic), da avó ter apontado uma foto do filho do V.P. e dito este é seu irmão...Bem na época de campanha...Conheço muito a família de uma pessoa muito famosa e rica, sabe quantos filhos já apareceram na vida dele? Pelo menos uns 3, todos comprovadamente falsos. Não vai ser esta especulação barata que vai manchar a reputação de um homem de bem, que visava o bem maior do Brasil e que lutou por isto. Esta história esta mais para imprensa marrom do que para quem julga ter um blog sério!

Mãe de sorte disse...

Eduardo,concordo plenamente com você sobre isso.Acho um absurdo essa "canonização" desse político.Vi certa vez uma entrevista dele no programa Jô Soares e fiquei chocada com as palavras absurdamente machistas e ofensivas. Espero que assim que esse clamor público passar essa professora tenha finalmente seus direitos obtidos pela justiça.

Claudia BALAIA disse...

Parabéns!!!! Adorei o texto!!! E principalmente o conteúdo!!!

Eduardo Piza Mello disse...

A leitora Marina disse que "Uma enfermeira que não sabe ler é a mãe desta senhora"
Pareceu-me um tanto quanto preconceituosa a idéia sobre pessoas que não sabem ler. No Brasil há milhões de analfabetos. Há também analfabetos políticos e outros preconceituosos e boçais. Mas todos merecem respeito.

No mais, há um direito humano das pessoas conhecerem sua origem biológica.Não é moralmente digno para um vice presidente da república valer-se de expedientes procrastinatórios em ação judicial, principalmente quando o pedido feito é pelo reconhecimento da paternidade. Se tivesse feito o teste o assunto já estava definido.

Quanto a blog sério, esta bobagem quem falou é você. Eu quero mesmo é gozar... a vida.

Anônimo disse...

Quando se trata de repartir heranças, bens, a coisa muda de figura.
Adeus aos atos honrosos, o importante é resguardar a família e o dinheiro!!!!
Uma lástima!!!!

Anônimo disse...

SENHORA ROSEMARY DE MORAIS A SENHORA É A CARA DO VICE PRESIDENTE JOSE ALENCAR GOMES DA SILVA ... NEM PRECISAVA DNA !!!
APENAS CEGO É QUEM NÃO QUER ENXERGAR!
VÁ A LUTA PROFESSORA ... A SENHORA TEM TODO O DIREITO DE SABER QUEM É O SEU PAI BIOLOGICO E A JUSTIÇA DEVE SER JUSTA COM A SENHORA! FELICIDADES E ÊXITO PLENO NA SUA LUTA!